Parque do Engenho Central

eng-01.jpgfoto31.jpgPIRA_D_CR-croqui.jpgPIRA_D_MUG-croquis.jpgPIRA_F_fotoaerea.jpgPIRA_D_MCT-croquis.jpgPIRA_D_EV-croquis.jpgPIRA_D_LJ-croquis.jpgPIRA_D_CA-croquis.jpg
Parque do Engenho Central

O conjunto formado pelo Engenho Central e Parque do Mirante é “marca da terra” de Piracicaba. Implantado na margem direita do Rio Piracicaba na mesma altura em que, na margem oposta, situa-se o centro urbano da cidade.


O conjunto mantém-se com a integridade de quando foi desativado, como cidadela resistente às grandes mudanças por que passou o seu entorno nas últimas décadas. Ao longo de sua vida foi recebendo acréscimos, reformas, desenvolvimentos e guarda registro de várias de suas idades. Neste processo, coisas belas perderam-se e outras foram sendo incorporadas para formar aquilo que talvez corresponda a seu melhor valor: o conjunto, a cidadela.


Apesar de toda a grande potencialidade e significado que tem para a vida da cidade e da região, o Engenho Central encontra-se hoje em condições precárias. Mantém, é certo, um calendário de eventos – como a apresentação teatral da Paixão de Cristo, o Salão do Humor, a Festa das Nações além de outros acontecimentos ocasionais para os quais são realizadas adaptações em seus espaços. São tapumes, pinturas, enfeites, que muitas vezes são lá deixados até a próxima adaptação. Todos estes eventos recentem-se da falta de infra-estrutura do local. Promover novos usos proporcionais à sua importância e dotar o Engenho Central dos equipamentos e da qualificação necessários à utilização racional e coordenada de seus generosos espaços são tarefas estratégicas que se impõem para a preservação e a revitalização deste maravilhoso bem que nos foi legado.


O Museu de Ciência e Tecnologia, o Museu de Artes Gráficas, o Museu do Papel e do Universo Gráfico, o Centro de Debates, o Centro de Comércio, o espaço destinado a grandes shows e bailes, o espaço para congressos e exposições, os cafés e restaurantes, cinemas e praças e o Parque do Mirante compõem um conjunto muito significativo e rico de atividades que se complementam.


Os velhos edifícios serão restaurados, os novos elementos a serem construídos terão características arquitetônicas e tecnológicas que não deixarão dúvidas quanto à sua contemporaneidade. Identificáveis como novos, eles valorizam e autenticam o que é original e o que deve ser preservado. Esta é a postura a ser adotada em todo o conjunto, em suas áreas internas e externas: Um permanente diálogo entre a história e o novo, que se interpenetram, se entrecruzam, criando harmonias e tensões. O Engenho Central e o Parque do Mirante reviverão, proporcionando à população o acesso à natureza, à cultura, à ciência, à arte, ao entretenimento, à educação e, especialmente, à convivência.

Ficha técnica

Autores
Francisco Fanucci e Marcelo Ferraz

Colaboradores
Cícero Ferraz Cruz, Bruno Levy, Gabriel Grinspum, Michel do Vale, Mônica Esmanhoto, Paloma Agramonte e Rodrigo Izecson

Área
17806 m2

Local
Piracicaba, SP

Ver Grande