Novo complexo Rheingantz

  • Texto
RHE_TEA_01_print.jpgRHE_TEA_CORTE_TRANS_PERSP.jpgRHE_TEA_CORTE_PERSP.jpg02Vista Externa.jpg01vista_externa.jpg05elevcao_frontal.jpg3corteperspectivado.jpg2primeiro_pav1.jpg1terreo.jpg
Novo complexo Rheingantz

O novo Complexo Rheingantz abrigará um amplo e diversificado programa de uso, mesclando habitação com atividades comerciais, serviços, muitas formas de lazer e espaços voltados para a educação.

Dentro da antiga fábrica, um riquíssimo conjunto de edifícios de idades variadas, separados e ligados por ruas, vielas e pequenas praças, implantados em um terreno de 15 ha, forma uma verdadeira cidadela. E, é justamente aí que nosso projeto se funda, ao tirar partido da tradicional implantação fabril e ao reiterar o caráter da pequena vila voltada exclusivamente ao pedestre e à promoção da convivência.

Procuramos criar nesta grande área abandonada no centro de Rio Grande, um novo conjunto que, a partir da recuperação do patrimônio construído, nos remeta sempre à antiga cidadela fabril. Um conjunto que seja totalmente permeável e integrado à cidade existente, com livre acesso púbico às suas ruas e praças internas, permitindo que o cidadão possa cruzar o terreno de ponta-a-ponta alcançando a beira d’água no Saco da Mangueira.
Ficha técnica

Autores
Francisco Fanucci, Marcelo Ferraz e Felipe Zene

Colaboradores
Anne Dieterich, anselmo turazzi, cicero ferraz cruz, gabriel mendonça, hayako ohba, julio tarragó, Laura ferraz, Laura peters, luciana dornellas, roberto brotero, victor gurgel e william campos.

Projeto
2017

Área
145.975 m2

Local
Rio Grande, RS, Brasil